Barra

MOBILIDADE DE ESTUDANTES

O ERASMUS+ oferece aos estudantes a possibilidade de efetuarem um período de estudos numa Instituição de Ensino Superior (IES) europeia, com pleno reconhecimento académico, ou um estágio curricular ou profissionalizante tanto numa IES como numa empresa europeia.

Todos os estudantes da Universidade Aberta podem manifestar o seu interesse em participar no programa ERASMUS+, incluindo os estudantes que já participaram no passado.

As modalidades de participação são as seguintes:

• Estudar numa Universidade estrangeira, entre 3 e 9 meses (SMS);
• Fazer um estágio curricular ou extracurricular numa empresa ou centro de investigação, entre 2 a 12 meses (SMP);
• Fazer um estágio profissional logo após conclusão do curso, entre 2 a 12 meses (SMP).

Como adquirir o estatuto e a bolsa de estudante ERASMUS+?
O Sistema Europeu de Acumulação e Transferência de Créditos (ECTS) é um sistema que se destina a facilitar o reconhecimento académico com base na transparência dos planos de estudo e nos resultados obtidos pelos estudantes, permitindo que as unidades curriculares ou cursos efetuados no estrangeiro sejam oficialmente reconhecidos aquando do regresso a Portugal.

Além das regras estabelecidas em relação à nacionalidade, os estudantes da Universidade Aberta que desejem efetuar uma mobilidade Erasmus+ deverão ter a sua conta-corrente regularizada. Os estudantes de 1º ciclo deverão ainda ter completado 60 ECTS.

Na qualidade de estudante ERASMUS+, poderá também receber uma bolsa. Convém ter em atenção que não se trata de uma bolsa de estudo mas de uma bolsa de mobilidade, o que quer dizer que é apenas um complemento financeiro destinado a ajudar nas despesas de viagem e de alojamento/alimentação decorrentes do facto de o período de estudo/estágio decorrer no estrangeiro. Se o estudante for aceite para efetuar um período de mobilidade numa universidade parceira, não significa que lhe seja garantida a atribuição de uma bolsa de mobilidade.

As universidades que recebem estudantes ERASMUS+ podem eventualmente oferecer, de forma gratuita, cursos em língua nativa, isto é, na língua de ensino.

As propinas serão pagas na universidade de origem, nada havendo a pagar à universidade de destino.

Candidatura, Contrato de Estudos e Contrato Erasmus

1º. Consultar a lista de Acordos Interinstitucionais e verificar quais são as instituições europeias de ensino superior com as quais a Universidade Aberta tem acordos;

2º. Verificar nessa lista quais os acordos que contemplam a sua área de estudos;

3º. Definir o(s) semestre(s) de permanência no estrangeiro, tendo em atenção as datas de candidatura definidas pela instituição de destino. No caso de se tratar de uma mobilidade de estudos, é importante não esquecer que o período não pode ser inferior a 3 meses, nem superior a um ano académico.

4º. Preencher a ficha de candidatura outgoing e enviar para o Gabinete de Desenvolvimento Estratégico e de Relações Internacionais (GDERI), o gabinete que coordena a participação da Universidade Aberta no programa ERASMUS+, através do correio eletrónico ri@uab.pt.

5º. Após a apreciação e aprovação da candidatura, o estudante tem de assinar 2 documentos:

• O Contrato de Estudos (learning agreement), no qual são definidas as equivalências entre as unidades curriculares da UAb e as da instituição de destino;
• O Contrato Erasmus+ que estabelece a atribuição da bolsa. Os estudantes portadores de deficiência e/ou com comprovadas dificuldades socioeconómicas podem candidatar-se a uma bolsa suplementar.

6º. Para efeitos de pagamento da bolsa Erasmus+, enviar ao GDERI os seguintes dados:

• número de identificação fiscal – NIF;
• número de identificação bancária - NIB.

Após a conclusão do período de mobilidade, os estudantes têm de preencher um relatório online. Para o efeito, receberão uma mensagem com a hiperligação de acesso à plataforma que disponibiliza o formulário.

Ficha de candidatura outgoing
(para estudantes da UAb)

Para mais informações contacte o GDERI (ri@uab.pt | +351 300 002 962).
 

Atualizado em 02.07.2014
Co-Financiado por:
Compete Quadro de Referência Estratégico Nacional União Europeia - Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional
DeG�is Universidade de E-Learning Universia - O Portal dos Universitários Biblioteca do Conhecimento Online APCER